Conferência de abertura aborda sobre o desafio do ciberjornalismo nas tecnologias móveis

Angela atua nas áreas de Comunicação Social e Políticas Públicas (Foto: Adrian Albuquerque)

A solenidade e conferência de abertura do 8º Congresso Internacional de Ciberjornalismo aconteceu na última quarta-feira, 27 de setembro às 19h no auditório do Complexo Multiuso da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Com auditório cheio de estudantes e pesquisadores de diversas regiões do país e exterior, o coordenador do congresso Gerson Luiz Martins informou que o número de participantes e inscrições de trabalhos acadêmicos duplicou em relação a sétima edição do evento.

A conferência de abertura com o tema “Ciberjornalismo entre o presente e o futuro: Tecnologia móvel como desafio” mediada pelo professor Marcos Paulo da Silva (UFMS) formaram o debate entre o professor da Universidade da Beira Interior – Portugal, João Canavilhas e a presidente do Instituto do Desenvolvimento do Jornalismo (Projor), jornalista Angela Pimenta.

Por meio de videoconferência, Canavilhas explicou sobre a tendência do consumo de notícias em dispositivos móveis e a importância das informações seguirem o modelo de vida das pessoas. Angela Pimenta atua no “Observatório da Imprensa”, com o “Projeto de Credibilidade”, cujo foco é a análise dos meios de comunicação de massa no país e apresentou o mapeamento do jornalismo local no projeto “Atlas da notícia”.

Segundo a jornalista é um desafio para o profissional conciliar a necessidade instantânea de informação com a credibilidade na apuração e produção dos fatos. “Hoje a informação é o que se chama 24/7. É uma notícia que está sendo produzida o tempo todo, colocando pressão em cima de quem produz, o jornalista, que está com meios digitais cada vez mais ricos em ferramentas e com cada vez menos tempo para produzir a notícia”.

 

Por Rafaela Roque Fernandes e Daniel Catuver (Comissão Ciberjor)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *